Você está aqui: HomeNotícias › Notícia completa
30/10/2017 às 12:27
Registradores civis da paraíba participaram no dia 27 de outubro de 2017 de um workshop na sede da anoreg/pb

Registradores civis da paraíba participaram no dia 27 de outubro de 2017 de um workshop na sede da anoreg/pb. O evento, organizado pela arpen/pb, teve como objetivos apresentar as modificações introduzidas pela lei nº 13.484/17, que alterou os seguintes pontos: naturalidade, óbito, retificações e criou os ofícios da cidadania, bem como apresentar a crc – central de informações do registro civil.

 

Estiveram presentes cerca de 120 pessoas, entre registradores civis e escreventes, contando com a participação do presidente da arpen/pb, Manfredo Goes Vieira de Melo, da vice-presidente Claudia Cristina Lima Marques, da tesoureira Roseane Figueiredo Castro Fernandes e do secretário José Cleonaldo Ferreira Lopes, além de outros componentes da atual diretoria.

 

Como convidados, estiveram presentes o dr. Germano Carvalho Toscano de Brito, presidente da anoreg/pb e vice-presidente da anoreg/br, Elizabete Regina Vedovatto, secretária da arpen/br e vice-presidente do irpen/pr, Anita Cavalcante de Albuquerque Nunes, vice-presidente da arpen/pe, Hamilton Sobral Guedes, delegado adjunto da receita federal e Gabriella Henriques da Nóbrega, superintendente do instituto de polícia científica da paraiba.

 

 

Durante a apresentação, houve a participação por meio de videoconferência do atual presidente da arpen/sp, Luis Carlos Vendramin Junior, o qual apresentou aos presentes as funcionalidades da crc nacional e o nosso colega Cláudio Rodrigues Costa (delegado de polícia  federal aposentado e atual registrador e tabelião da bahia) aperfeiçoando e expondo procedimentos ao nosso conhecimento sobre as alterações da lei 6.015/73, nos pontos (naturalidade, óbito e retificações).

Acesse todas as Notícias [clique aqui]

MAIS LIDAS

  • 2013-03-12 16:46:17
    Saiba como tirar a certidão de nascimento e...

    Mais de meio milhão de crianças “não existem” para o governo brasileiro porque não são registradas. São 599 mil crianças nessa situação em todo o país, segundo dados do Censo 2010 do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

  • 2013-03-12 16:31:57
    Nomes estranhos são vetados no registro

    Um homem criou uma página no Facebook com uma campanha inusitada: dar o nome de Jaspion para seu filho Caso ele consiga reunir um milhão de internautas que cliquem no “curtir” do perfil

  • 2013-05-07 11:01:07
    Edital do concurso para vagas em cartórios será lançado d...

    Com base na Resolução nº 80 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o pleno do Tribunal de Justiça da Paraíba aprovou uma resolução que dispõe sobre as desacumulações e acumulações das serventias extrajudiciais vagas do Estado. O estudo tem o objetivo de inserir mais oito cartórios no concurso.